Exegese do Dilúvio - Profª Dita

A narrativa do Dilúvio, descreve uma inundação catastrófica da qual apenas Noé e sua família escaparam. Supõe-se que este texto tenha sido compilado (reunido todos os escritos encontrados) por duas fontes diferentes. "J" (Javista)  e "P" (Sacerdotal). Por quê? Chamam Deus de duas maneiras diferentes: Javé ( ser, estar, existir), e Elohim (o Deus de todos os deuses. Forma plural de Deus).  Os dublês (duplicação do mesmo acontecimento).  As contradições. Por exemplo: Em Gn 6,7, Deus diz: "Vou exterminar desta terra todos os seres que criei, pois estou arrependido de tê-los feito". Já em Gn 6,19, Deus diz: "Cuide para que entre um casal de cada espécie na Arca, para que se conservem vivos." Outros povos já conheciam histórias sobre grandes dilúvios que arrasaram a terra. Supõe-se que o povo JAVISTA ( moravam no sul da Palestina e chamavam Deus de Javé) e o ELOÍSTA ( moravam no norte da Palestina e chamavam Deus de Elohim), tenham se inspirado na tradição da Mesopotâmia (Babilônia). Esta tradição babilônica possuía um documento conhecido por todos , a Epopéia de Gilgamesh (rei da Babilônia em mais ou menos 4.500 a .C.): .Tabuinha de argila nº XI . (escrita em acádico escrita em 4.500 a .C, mas só decifrada em 1.900 d .C.) EPOPÉIA DE GILGAMESH. Nela está escrito:

"Homem de Shurupack (Utnapistim), filho de Ubarututu. Destroe a tua casa, constroe um navio. Abandona as riquezas, despreza os haveres, salva a vida! Introduz toda a sorte de semente de vida no navio, do navio que deves construir. As medidas devem ser bem tomadas". -  Este texto é muito semelhante ao que está em Gn 6, 13-16, escrito mais ou menos 4.000 a. C.

A Arca de Noé teve sua s estruturas e medidas adequadas para flutuar e não navegar. Suas dimensões até hoje representam as proporções básicas usadas nos modernos estaleiros.

Interpretando a narrativa

Gn 6,1-4 . O povo de Israel misturou-se com os outros povos, foi idólatra, por isso viverá no máximo 120 anos ( J). Outro pecado eram os casamentos entre eles e as mulheres estrangeiras, incluindo os filisteus (nefilim).

Gn 6,5-13 . Javé escolhe um justo para recomeçar o seu mundo. Este É Noé. Portanto, o Dilúvio é a Nova Criação.

Gn 6,14-17. O modelo e as medidas da Arca.

Gn 7,20. As águas subiram 15 côvados. Um côvado = 6,75 m.

Gn 8,1s. O Sopro ( Espírito de Deus), faz baixar as águas // Gn 1,1.Um vento impetuoso pairava sobre as águas...

Gn 8,2. Deus fecha novamente as comportas. 

Gn 9,3-6. Tudo serve de alimento, menos o sangue (P). O sangue para o judeu era a alma do corpo  Lv 1,5. O sangue era derramado em torno do altar dos sacrifícios...  Nm 35,19. Lei do Talião ou lei do sangue. Dt 12,15s. O sangue será derramado sobre a terra.  Dt 12,23-25. Cuidado para não comer o sangue pois ele é a vida...

Gn 6,18 e 9,9-17. Deus promete e cumpre a Aliança que fez com Abraão (Gn 17) tendo como símbolo a circuncisão, mas que abrangeu só aos seus descendentes, só os israelitas. A Aliança com Noé é mais abrangente, será para todos.

Gn. 9,20-28. Noé é agora um homem do campo. Sua embriagues e a compreensão dos filhos Sem (semitas) e Jafé ( ancestral dos indogermanos, raça dominante no território da Ásia Menor, Palestina e norte da Mesopotâmia. Os judeus os chamavam de gentios), lhe dão segurança. A bênção e a maldição dos Patriarcas era muito forte.

Contradições e Repetições:

a) Entrada na Arca.

v 7,7. Noé, sua mulher, seus filhos e as mulheres dos seus filhos. (J).

v 7,13. Noé, seus filhos Sem, (semitas), Cam (cananeus) e Jafé (gentios) e as três noras. (P).

b) Os animais que entram na Arca.

v 7,2s . 7 pares dos puros e um par dos impuros. (P). v 7,15. Um casal de tudo. (J).

v 6,19. Um casal de cada animal. (J)

v 7,8. Entraram um casal de todos. (J).

c) Fim do Dilúvio - Saída da Arca

v 8,15-18. Sai da Arca, Noé, sua mulher, os filhos, as noras e todos os animais. Todos devem povoar a terra. (P).

v 9,18. Sai Noé, Sem, Cam Jafé,.. (J). Aqui filho é igual a povo, civilização.

Curiosidades sobre o Texto

-  Supõe-se que a Arca de Noé tenha encalhado no Monte Ararat ( hoje Armênia), parte oriental da Turquia. Seu cume tem neves perpétuas. Possui 5.156 metros acima do nível do mar.

-  O calendário seguido pelo povo de Israel era o lunar, com 354 dias.

- O Dilúvio que purificou o mundo pela água, pondo fim ao mundo antigo de Noé, tornou-se símbolo da água purificadora do batismo. 1Pe 3,20-22.